Menu

Sousa e Campinense ficam no empate e deixam semifinal em aberto para o 2º jogo. Leia

 

  • Sousa e Campinense começaram em grande estilo a decidir uma das vagas para a grande final do Campeonato Paraibano de 2020. Nesta sexta-feira, jogando no Estádio Marizão, Dino e Raposa fizeram um dos jogos mais movimentados até agora no estadual da Paraíba, que terminou com quatro gols, dois para cada lado, e uma disputa completamente aberta para o jogo da volta. Os gols sertanejos foram marcados por Jeferson no primeiro tempo e Esquerdinha, de pênalti, na segunda etapa. Para o Campinense marcaram Rafael Ibiapino e Vinícius.

    Com o 2 a 2, se classifica para a final do estadual a equipe que vencer o próximo jogo e em caso de um novo empate, independente do placar, a disputa da vaga acontece na disputa de pênaltis. As duas equipes voltam a medir forças na terça-feira, a partir das 20h15, só que dessa vez com mando de campo da Raposa, no Estádio Amigão, em Campina Grande. O vencedor encara na final quem avançar da disputa entre Botafogo-PB e Treze.

  • DINO DOMINA O 1º TEMPO

    Os primeiros 45 minutos deram uma ideia de que o Sousa iria sair do Marizão com um pé fincado na decisão do Campeonato Paraibano. O Dinossauro não só abriu o placar com o zagueiro Jeferson como teve mais duas ou três chances e poderia ter matado a partida já na primeira metade do jogo. Azar do Alviverde sertanejo é que o jogo tem dois tempos e no segundo o Sousa foi dominado pelo Campinense.

  • RAPOSA MELHOR NA 2ª ETAPA

    Se no primeiro tempo o Campinense praticamente assistiu ao Sousa jogar, na segunda etapa o Rubro-Negro se impôs e efetivamente mostrou que não estava de passagem pela semifinal. A entrada de Juliano no lugar de Bismarck deu outra cara ao time, que ficou mais veloz e muito mais perigoso no ataque. Com isso, os gols acabaram surgindo naturalmente: o primeiro com Rafael Ibiapino e o segundo com Vinícius, após uma excelente jogada do próprio Juliano. O resultado só não foi melhor para o time comandado por Nei Júnior porque Uesles, um dos mais regulares em campo pela Raposa, acabou cometendo um pênalti em cima de Iranilson, que Esquerdinha converteu e deixou o placar igual.

  • Globo Esporte

 

Deixe seu comentário