Menu

Deputada Paula Francinete insinua interesses após rejeição de licença. Entenda

Com a licença médica de 120 dias rejeitada na Assembleia Legislativa da Paraíba, a deputada estadual Dr. Paula (Progressistas), que está em São Paulo, disse que ao voltar para João Pessoa, irá “procurar saber quais são os interesses” por trás da resistência à posse de sua suplente. Jane Panta (Progressistas) deve assumir enquanto a deputada estiver fora da Casa legislativa.

“Quando eu chegar vou procurar saber por que essa questão foi gerada, quais são os interesses contrariados de pessoas que não querem que Jane [suplente da deputada] assuma no meu lugar. Acho que isso é coisa muito pequena. Tem alguém muito contrariado porque ela vai entrar no meu lugar. Eu acho que essa é a grande verdade”, disse a deputada em entrevista ao Correio Debate.

Na última segunda (21), Jane Panta afirmou que tomará a decisão sobre sua postura na AL quando tomar posse, mas deve acompanhar o partido Progressistas e analisa a possibilidade de apoiar o governador João Azevêdo (PSB).

Licença médica

Dr. Paula será submetida a procedimento cirúrgico para se recuperar de lesões em decorrência de uma queda sofrida no plenário do Tribunal Regional do Trabalho, neste ano. A Junta Médica da AL impôs 60 dias de licença e não 120 dias, conforme solicitado. Segundo a deputada, a licença é direito de todo trabalhador.

“A lei me dá o direito e a qualquer cidadão, qualquer trabalhador, que paga seus impostos tem o direito a tirar licença médica para tratamento de saúde. Isso está na Constituição”, ressaltou a deputada

Deixe seu comentário