Menu

Diário Oficial: Ebserh realizará concurso público com vagas para o Hospital Universitário Julio Bandeira. Leia

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação, vai realizar concursos para contratação de mais de 2 mil profissionais. Haverá vagas para o Hospital Universitário Lauro Wanderley, da Universidade Federal da Paraíba. No estado, serão contemplados também o Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande, e o Júlio Bandeira (HUJB), localizado em Cajazeiras, ambos da Universidade Federal de Campina Grande. Os editais ainda não foram divulgados, mas o objetivo é que eles sejam publicados ainda neste semestre, com o quantitativo de vagas para cada unidade da Rede Ebserh.

Serão dois grandes concursos, sendo um nacional, com 1.363 vagas em 40 unidades em todo o país, e um para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), com 887 oportunidades. Os chamamentos públicos foram divulgados no Diário Oficial da União dessa segunda-feira (12).

As vagas são distribuídas entre as áreas médica, assistencial e administrativa, cada um com um edital normativo específico. Para concurso nacional, a expectativa é que sejam abertas 448 vagas para médicos em 69 especialidades, 800 oportunidades na área assistencial e 115 na administrativa. Já para o HC-UFU serão 173 para médicos de 71 especialidades, 614 para os assistenciais e 100 administrativos. Os projetos básicos preveem ainda a formação de cadastro reserva nas três áreas contempladas.

“A realização desse concurso nacional é orientada por três principais fatores: a substituição tanto de pessoal de Regime Jurídico Único que se aposenta, e essa era mesmo a ideia por trás da concepção da Ebserh; quanto a substituição do pessoal que tem o chamado vínculo precário, que são pessoas vinculadas às fundações universitárias, por celetistas, em ambos os casos. Além disso, há uma alta rotatividade de profissionais da área de saúde, o que prejudica os serviços que são prestados”, explicou o diretor de Gestão de Pessoas da Ebserh, Rodrigo Barbosa, acrescentando que os hospitais funcionam em regime de escala e a falta de determinados profissionais em determinadas áreas pode comprometer todo o serviço.

O concurso público acontece em duas fases, sendo que a primeira constará de prova objetiva, com questões de múltipla escolha. Esta etapa tem caráter eliminatório e classificatório. Na segunda fase, os candidatos vão passar por uma avaliação curricular de títulos e de experiência profissional, de caráter exclusivamente classificatório. Quem concorrer às vagas reservadas a pessoas com deficiência será submetido à perícia médica e aqueles que se autodeclararem negros passarão por um procedimento de heteroidentificação.

Deixe seu comentário