Menu

AGORA VAI: Parte dos recursos para iniciar obra do Hospital Universitário do Sertão-HUS. Já foram disponibilizados à UFCG.

O diretor do campus da UFCG de Cajazeiras, professor Antônio Fernandes, publicou na sua página oficial nas redes sociais, que parte dos recursos para inicio das obras do Hospital Universitário do Sertão – HUS, já foram liberados à UFCG. Dezoito milhões e  quatrocentos mil reais dos 25 milhões destinados pela bancada paraibana federal no ano passado.

O professor Antônio Fernandes, recebeu a informação da liberação de parte dos recursos pelo Magnifico Reitor da UFCG, Vicemário Simões.

Veja publicação

 

Com muita alegria, comunico aos sertanejos bem como a toda Paraiba, que fui informado pelo Magnifico Reitor da UFCG, Vicemário Simões, que os recursos para iniciar a tão sonhada obra do Hospital Universitário do Sertão – HUS, já foram disponibilizados à UFCG. Dezoito milhões e quatrocentos mil reais dos 25 milhões destinados pela bancada paraibana federal ano passado. Continuam bloqueados pelo Ministério da Educação seis milhões e seiscentos mil reais. Ao tempo que comemoramos pedimos apoio da população sertaneja e de toda classe política paraibana no sentido de continuar na luta por todos os recursos necessários para conclusão do hospital. O próximo passo agora é prepararmos a licitação para inicio da obra, que certamente ocorrerá ainda esse ano e será um divisor de águas, um marco histórico no desenvolvimento da região, da melhoria da qualidade de saúde da população e na formação de nossos estudantes. Felicidade me define neste momento!

ENTENDA

abertura do processo licitatório para contratação dos projetos executivos de arquitetura e de engenharia para construção de um novo Hospital em Cajazeiras deu um alento aos nossos sofridos sertanejos com uma perspectiva real de melhorias nos serviços de saúde no alto sertão da Paraíba.

O anuncio deste novo investimento foi feito pelo diretor do Campus da UFCG de Cajazeiras Professor Antônio Fernandes. Trata-se do HUS – Hospital Universitário do Sertão, uma magnifica estrutura de serviços de saúde orçada em mais de 200 milhões de reais que promete revolucionar o perfil da saúde numa das regiões mais carentes do semiárido nordestino.

Não poderíamos receber uma noticia melhor no momento em que o Brasil afunda em uma das maiores crises de saúde pública da sua história. É um caos total. Faltam médicos, leitos, medicamentos tudo isto refletido nos pacientes morrendo amontoados nos corredores dos hospitais num verdadeiro espetáculo dantesco. O SUS agoniza e ameaça implodir, pois não suporta absorver a legião de usuários oriundos do sistema privado que foram expelidos pelos aumentos sucessivos e abusivos nos planos de saúde. É o que acontece hoje com o brasileiro da classe media, se é que existe ainda classe média, que com a grave crise econômica perdeu seu poder aquisitivo e não consegue pagar seu plano de saúde e torna-se de imediato usuário deste sistema que sem recursos, inchado, perverso e ineficiente, humilha e até mata nossos concidadãos.

E é dentro deste quadro desolador que o Brasil conseguiu regredir num dos indicadores mais importantes que denotam as perspectivas de vida do nosso povo. A Taxa de Mortalidade Infantil. Sim. Isso mesmo! O Brasil regrediu numa estatística que mostra a tragédia das nossas crianças que morrem antes de completarem um ano de vida. Depois de 35 anos em escala descendente, entre 2015-2016 esta taxa subiu 5%. Um fato inconcebível, uma vergonha para um país que não protege seus filhos e nem cuida do seu futuro.

E é dentro deste quadro desolador que surge um lampejo de esperança, uma perspectiva real onde os sertanejos terão a oportunidade de usufruir serviços de saúde decentes. O HUS vem para consolidar nosso polo de serviços de saúde e transformar-se num dos motores mais potentes da nossa economia regional alimentando o círculo virtuoso do crescimento.

É uma mega estrutura hospitalar, não somente para atender Cajazeiras, mas para todo Alto Sertão da Paraíba. Orçada em mais de 200 milhões de reais, num edifício de quatro andares com 200 leitos, sendo 50 de UTI, com um contingente de mais de 2000 funcionários entre médicos enfermeiros e corpo de auxiliares oferecendo serviços de Alta e Media Complexidade com equipamentos médicos de ponta para atender 50 municípios com um potencial de atendimento de uma região com mais meio milhão de pessoas. Uma revolução!

Tudo isto está em fase embrionária. E para isto foi criado o Comitê para construção do novo HUS formado por entidades da Sociedade Civil Organizada que passa a iniciar mais uma luta e levantar mais uma bandeira em prol do desenvolvimento de Cajazeiras.

A largada foi dada, agora daqui para frente nos resta invocar as bênçãos do nosso Padre Inácio de Sousa Rolim para que nos seus 218 anos de nascimento, nos ilumine e guie para transformar este sonho em realidade.

Fonte: CLICK CZ

 

 

Deixe seu comentário