Menu

Caseiro acusado de matar fazendeiro é encontrado morto na madrugada deste sábado(15).Fotos

O caseiro suspeito de matar o fazendeiro Adauto Pereira de Queiroga, de 74 anos e o primo dele, Manoel Olímpio de Queiroga, de 76 anos, conhecido como Queiroga, ambos naturais de Sousa- PB,  foi morto na madrugada deste sábado (15) na cidade de Novo Repartimento, no estado do Pará.

 

Luzivaldo Rodrigues da Silva, que trabalhava para Adauto Queiroga, estava escondido desde a data do crime ocorrido no último dia 28 de maio na cidade de Bannach, sul do Pará. Segundo a Polícia Civil de Rio Maria, o acusado do duplo assassinato teria reagido no momento em que recebia voz de prisão e acabou sendo alvejado a tiros.

Adauto e Queiroga são respectivamente, irmão e primo, da ex-vereadora Adaltina Queiroga, eleita em 1988 pela Câmara de Sousa. A ex-parlamentar reside na cidade de Aparecida, que na época do mandato, entre 1º de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992, era distrito de Sousa.

De acordo com a polícia paraense, Luzivaldo Rodrigues levou das vítimas no dia do crime, a quantia de R$ 3 mil, uma corrente de ouro, aparelhos de telefone celular, um relógio e um veículo camionete modelo S-10. O suspeito ainda teria usado um animal (burro) para arrastar os corpos das vítimas com o intuito de ocultar os cadáveres.

Fonte: Blog Levi

Deixe seu comentário