Menu

Polícia Civil do RN descobre corpo de mulher paraibana assassinada e enterrada ás margens do rio Apodi-Mossoró. Fotos

Na manhã desta quinta-feira (21), uma força tarefa formada pela POLÍCIA CIVIL, SISTEMA PENITENCIÁRIO, ITEP e CORPO DE BOMBEIROS, coordenada pelo delegado Regional Andson Rodrigo, localizaram o corpo de uma mulher que havia sido assassinada e enterrada, no dia 29 de dezembro de 2018, às margens do rio Apodi-Mossoró na zona rural de Pau dos Ferros.

 

Segundo o delegado Andson Rodrigo, que está a frente da investigação, “o crime estava sendo investigado em sigilo há mais ou menos 3 meses e somente agora foi possível elucidar, resultando no achado do corpo e a prisão dos 05 autores envolvidos diretamente com o crime”.

 

Segundo a investigação, a jovem identificada como  RAFAELA DA SILVA VIEIRA, 18 anos, de São Bento/PB, no final do ano de 2018 iniciou um relacionamento amoroso na cidade de Itaú/RN com um jovem de Pau dos Ferros, que teria descoberto que RAFAELA estaria mantendo contato com membros de uma facção rival a do seu namorado.

 

Sabendo disso, o namorado de RAFAELA trouxe a jovem à Pau dos Ferros e acompanhado de mais 04 pessoas, simularam um banho de rio, levaram a vítima para uma área de mato distante da cidade e lá fizeram o seu julgamento de morte e em seguida enterraram o corpo.

 

Durante toda a investigação ninguém havia reclamado pelo sumiço de RAFAELA, uma vez que a jovem é de São Bento e teria vindo para o Rio Grande do Norte sozinha para morar inicialmente em Frutuoso Gomes e depois Itaú, o que fez com que os autores do crime achassem que tinham praticado um crime perfeito.

 

Cinco pessoas participaram diretamente do crime, sendo dois maiores e três menores, sendo eles, os maiores, JOSÉ HENRIQUE FERREIRA DE OLIVEIRA, 24 anos, ANDRÉ LUCAS MARTINS ALVES, 18 anos, e os adolescentes L.G.M.S, de  15 anos, I.A.S.S, de 15 anos e A.M.L.S, de 17 anos.

 

Os 05 autores dos crimes  estão presos e serão indiciados por organização criminosa, cárcere privado, homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

 

Siga o Instagram do GRUPO CIDADÃO 190

Deixe seu comentário