Menu

Prefeito Chico Mendes e ex – prefeito de São José de Piranhas foram condenados pelo TRE a pagar multa de 5 mil Ufir por conduta vedada. ENTENDA

Não teve cassação de mandato, mas teve multa.

Na sessão desta quinta-feira (14), o Tribunal Regional Eleitoral condenou o prefeito de São José de Piranhas, Francisco Mendes, e o ex-prefeito Domingos Leite a pagarem multa de 5 mil Ufir pela prática de conduta vedada tipificada no artigo 73, VI, “b”, da Lei nº 9.504/94 (Lei das Eleições).

A decisão foi proferida no julgamento do recurso eleitoral nº 27371, interposto por Ana Cleide Penaforte.

Foram várias acusações de uso da máquina pública na eleição de 2016, mas só uma foi aceita pela Corte: a de que a Prefeitura teria instalado em diversas comunidades carentes do Município caixas d’água contendo publicidade institucional em suas bases, o que ofenderia a norma do art. 73, IV, “b”, da Lei n.º 9.504/97.

A conduta rendeu tão somente a multa de 5 mil Ufir, em conformidade com o parecer do Ministério Público, o qual afirma: “No presente caso, o símbolo e as frases apostas nas caixas d’água identificam claramente a administração municipal. Além disso, a publicidade institucional foi veiculada durante o período vedado em caixas d’água espalhadas por toda a cidade, com a publicidade gravada em forma de um verdadeiro banner, posta à disposição de toda a população de forma ostensiva e involuntariamente”.

Fonte: Os Guedes

Deixe seu comentário