Menu

Acusado de matar funcionário de empresa de internet no bairro das casas populares e preso por força de mandado de prisão em Cajazeiras. ENTENDA

Foi preso na tarde desta segunda-feira dia 24, o Policial Militar José Anchieta Dantas, acusado de matar com tiro no peito Antônio Ramalho Martins, conhecido como Hominha e ferir sua sobrinha Gislaine Ramalho de 25 anos com tiro de raspão no braço.

A prisão ocorreu ao quando o mesmo se apresentou ao Delgado Danilo Charbel na delegacia de Cajazeiras.

O delegado Danilo Charbel , já tinha pedido a prisão preventiva de sargento acusado de matar funcionário de empresa de Internet em Cajazeiras no último Domingo (23).


O fato ocorreu no bairro das Casas Populares, onde, segundo informações as vítimas ouviam som de um carro, quando o militar foi ao local e determinou que baixasse o som o que segundo o proprietário do carro atendeu ao pedido do Militar. Segundos depois o militar passou a insultar os populares e de posse de uma arma efetuou vários tiros acertando o peito do popular Antônio Ramalho Martins, conhecido como Hominha e sua sobrinha Gislaine Ramalho dos santos que foi atingida no braço.

Após atingir as vítimas o investigado fugiu.

As vítimas foram socorridas pelo SAMU e bombeiros para o HRC sendo que estado de Saúde Hominha Ramalho  era  gravíssimo e acabou morrendo na sala de Cirurgia.

O corpo da vítima foi sepultado na tarde desta segunda-feira no cemitério Nossa Senhora de Aparecida.

O Sargento está no Xadrez do 6º BPM a disposição da justiça.

Deixe seu comentário