Menu

Prefeito da cidade de Tavares continua preso por decisão judicial. ENTENDA

A Justiça manteve as prisões preventivas do prefeito afastado de Tavares, Aílton Suassuna, e de seu irmão, Michel Suassuna, presos na manhã desta sexta-feira (30) suspeitos de extorquir um empresário em busca de propina.

A audiência de custódia da Operação República aconteceu na tarde desta sexta no Fórum Criminal da Capital. A prisão foi pedida pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado e autorizada pelo desembargador Arnóbio Alves Teodósio, relator da Operação República no tribunal de Justiça da Paraíba.

Além de Aílton, o ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, também está preso no Batalhão, soba a acusação de liderar um esquema de corrupção na cidade. O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, também ficou detido na unidade após ser flagrado recebendo propina de um empresário.

CLICK CZ

Deixe seu comentário