Menu

PEGANDO FOGO: “COLUNA FAISQUEIRA” Jornal Gazeta do Alto Piranhas desta sexta-feira (21)

Pé na estrada

O ex-prefeito Carlos Antonio foi visto no Bairro Vila Nova, zona leste de Cajazeiras, andando de casa em casa pedindo votos para Júnior Araújo. Comenta-se que o empenho de Dr. Carlos nesta eleição, estaria sendo maior do que a de Dra. Denise, quando foi candidata a prefeita em 2016. Tem que correr atrás do prejuízo.

 

Máquina de fazer voto

Mas o grupo de Carlos Antonio, tem duas poderosas máquinas de fazer voto: o Hospital Regional de Cajazeiras e o Santa Teresinha da cidade de Sousa. Em Cajazeiras, Carlos pai e Carlos filho, hábeis cirurgiões, têm dado uma tapa enorme na fila de cirurgias eletivas. De quebra Dr. Carlos rasga e costura num hospital de Icó. É um verdadeiro “Mão Santa” do sertão. De ponto em ponto costurado vai caindo voto no “bisaco” de Júnior.

 

Leilão

Andam atrás de saber as razões que levaram Bodim a subir em dois palanques, em menos de 15 dias. No primeiro disse que votava em Dra. Paula e explicou as razões e no segundo deu um grito, talvez de liberdade: “voto em Jeová”. Talvez a “oferta” do deputado e candidato a reeleição, Jeová Campos, tenha sido melhor do que a de Dra. Paula. Assim caminha o Brasil.

 

Fedendo

Infelizmente a campanha eleitoral em Cajazeiras começou a feder, desde o momento em que começaram a envolver a vida particular das pessoas e dos candidatos.

 

Nervoso

O prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, teria em mãos uma pesquisa e os números não o agradaram, fato que o teria levado a subir o tom das criticas aos outros dois candidatos a deputado por Cajazeiras: Jeová Campos e Júnior Araújo.

 

Desafio

Diante das criticas do prefeito Zé Aldemir, o deputado Jeová Campos, fez um desafio para travar um debate para mostrar o seu trabalho como deputado, mas pediu que Zé Aldemir cuidasse da cidade que “estava abandonada”

 

Único projeto

Na sua resposta às criticas do prefeito Zé Aldemir, Jeová disse: “Zé, você só tem um projeto na cabeça: a eleição de Paula, mas você foi eleito para governar Cajazeiras, os opositores e aliados”. E foi mais além: “você transformou a prefeitura num balcão de negócios pra região inteira”.

 

A vida segue

Jeová, em sua defesa, disse ainda: “Zé não fique  desesperado em emissoras de rádio para eleger sua esposa, tudo termina no dia sete, fique calmo. A vida segue”. Aquele pacto que se pensava entre Zé e Jeová para as eleições de 2020, parece que foi pro “beleléu”.  Para alguns, a campanha só presta quando o peneiro cobre e redemoinho enche tudo de poeira.

 

Santa Rita

Muitos indagavam quem seria a pessoa que estava articulando as inúmeras adesões à candidatura de Zé Maranhão para o governo do estado, nos municípios da Bacia do Rio do Peixe: é nada menos que Rita Medeiros, filha de Abel Medeiros, ex-prefeito de São João do Rio do Peixe, conhecida também como Rita de Abel, que de sobra trabalha também pela eleição de Dra. Paula.

 

Parada federal

Marcos Barros e Léa Silva estão se testando de novo nas eleições deste ano, num outro patamar: Marcos vota em Gervásio Gomes e Léa Silva em Efraim Filho. Os dois estão no mesmo palanque, mas brigando voto a voto para eleger o seu deputado federal. É uma prévia de 2020. Marcos teria passado uma “rasteira” em Léa, trazendo para o seu time duas lideranças da Zona Norte, antes de sua inteira e absoluta confiança. Léa diz que vai ter retorno.

 

Agoniados

Os vereadores de Cajazeiras não têm ultrapassado um minuto do tempo regimental das sessões ordinárias: quando o relógio bate às seis horas, começaria a gritaria: “vamos acabar com isto aqui, porque tem briga na rua por voto” e não fica um no plenário pra contar a história.

Fonte: Jornal Gazeta do Alto Piranhas

CLICK CZ

Deixe seu comentário