Menu

UMARI – CE: Festa de Halloween com dançarinos nus vira caso de polícia no interior do Ceará; Fotos!

Conselheiros tutelares da cidade de Umari, a 400 km de Fortaleza, denunciaram uma festa em que dois dançarinos realizaram performances com nudez na presença de crianças e adolescentes. De acordo com o presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Ceará, Eulógio Neto, a apresentação aconteceu durante uma festa de Halloween no sábado (28), no Centro de Integrado de Idosos, um prédio da prefeitura cedido para fazer o evento. Um vídeo do evento viralizou nas redes sociais. A polícia investiga o caso e duas pessoas foram detidas.

A Polícia Civil de Icó investiga o vídeo da festa e deteve dois organizadores. “Recebemos a denúncia por meio de conselheiros tutelares de Umari. Eles pediram para a polícia local tomar providências. Já que a cidade não tem delegacia, o caso foi encaminhado para Icó, cidade vizinha”, afirmou um policial que conversou com o G1.

Os dois produtores afirmaram, em depoimento para a polícia, que contrataram dois dançarinos da cidade de Cajazeiras, na Paraíba. Duas pessoas estão foragidas.

Dançarinos eram da cidade de Cajazeiras, segundo organizadores (Foto: TV Verdes  Mares/Reprodução) Dançarinos eram da cidade de Cajazeiras, segundo organizadores (Foto: TV Verdes  Mares/Reprodução)

Dançarinos eram da cidade de Cajazeiras, segundo organizadores (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Além das cenas de nudez perto de crianças e adolescentes, segundo Eulógio, o caso revoltou moradores da cidade pelo fato de a festa acontecer no espaço público cedido pela prefeitura da cidade para fazer festas comunitárias. O conselheiro tutelar afirma também que houve consumo de drogas e bebidas alcoólicas na festa.

O conselheiro disse ainda que um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi feito e o documento será encaminhado para o Ministério Público do Ceará (MP-CE) para que o órgão tome providências.

O G1 entrou em contato por telefone com o gabinete da prefeitura de Umari para se pronunciar sobre o caso. Em nota a prefeitura disse que no espaço, informa que o imóvel em questão é sempre usado na realização de eventos festivos, por ser o único espaço disponível na cidade, sendo os organizadores responsáveis objetivamente por toda prática exercida no interior do imóvel.

Ainda de acordo com a nota, a prefeitura diz que caso tenha sido realizado qualquer tipo de transgressão penal, cível ou administrativa, a gestão recomenda punição cabíveis. A prefeitura finalizou informando que a Casa do Idoso Mãe Dôrete, os eventos particulares, com exceção de aviversários, casamentos e eventos religiosos.

G1

Deixe seu comentário