Menu

Crise: Jornal da Paraíba a encerrar versão impressa; A partir da próxima Terça – Feira deixa de circular pela Paraíba

O presidente do Sistema Paraíba de Comunicação, Eduardo Carlos, anunciou na noite desta quinta-feira o fim da circulação impressa do Jornal da Paraíba, após 45 anos de existência.
Em nota, Eduardo comunicou aos leitores e assinantes do Jornal a decisão de migrar para a plataforma digital.
Confira a nota na íntegra:
Caros colaboradores,
A partir da próxima terça-feira (12/04), o Jornal da Paraíba deixa de circular em sua edição impressa. O seu conteúdo migrará para o formato digital.
A decisão de interromper a circulação impressa segue uma tendência mundial, resultado do crescimento das plataformas digitais. Mas, também, está relacionada ao agravamento da atual crise brasileira, que atinge o setor produtivo em seus mais diversos segmentos.
Suspender a circulação impressa de um jornal com quase 45 anos não foi uma decisão fácil. Sabemos do papel desempenhado pelo Jornal da Paraíba, da sua história, do seu compromisso com o desenvolvimento do nosso Estado. Como sabemos de que modo uma decisão como esta atinge o capital humano que empresta sua força de trabalho ao crescimento das nossas empresas. Mas foi necessário fazê-lo.
Não vou mencionar nomes para não cometer injustiças. Expresso aqui o nosso agradecimento a todos, mas todos mesmo, os que, ao longo dessas quatro décadas e meia, fizeram o Jornal da Paraíba ser o que ele é. E torço, muito sinceramente, para que os que nos deixam reencontrem o seu lugar no mercado de trabalho.
Atenciosamente,
Eduardo Carlos

TV Diário do Sertão