Menu

Bancários rejeitam proposta de 7,5% e decidem manter paralisação

Os bancários rejeitaram,nessa terça-feira (20), a
proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de 7,5% de reajuste e
retirada do abono, após reunião realizada para negociar o fim da greve,
em São Paulo.
O Comando Nacional dos Bancários quer
discutir aumento real e orienta a categoria a manter a greve forte. A
negociação continua nesta quarta-feira (21), a partir das 11h.
Em
greve há 16 dias, o movimento suspendeu as atividades em 12.496
agências e 40 centros administrativos nos 26 estados e no Distrito
Federal.
A reivindicação da categoria é pelo aumento
de 16%, incluindo reposição da inflação, mais 5,7% de aumento real,
participação nos lucros e resultado (PLR), equivalente a três salários
mínimos, mais R$ 7.246,82, melhores condições de trabalho e fim das
demissões, entre outros.
MaisPB com Terra

TV Diário do Sertão