Menu

Porque? Hospital Regional de Cajazeiras Fica de Fora da Relação dos Municípios Contemplados com Cirurgias Eletivas

A direção do Hospital Regional de Cajazeiras e a própria Secretaria Estadual de Saúde, ainda não explicaram o motivo da cidade de Cajazeiras não ter sido contemplada na relação dos municípios do estado que vão receber do Ministério da Saúde, R$ 2.425.637,58 para a realização de cirurgias eletivas, com o objetivo de reduzir as filas no Sistema Único de Saúde (SUS), quando, até março deste ano, as cirurgias eletivas do HRC estavam suspensas e existe uma demanda reprimida nesta área.
Vinte e seis municípios e mais o Governo do Estado foram beneficiados pela Portaria 1.034/2015, publicada no último dia 23, já que além de João Pessoa e Campina Grande, também vão receber a verba do Ministério da Saúde os municípios de Araruna, Bayeux, Belém, Caaporã, Cabedelo, Catolé do Rocha, Conceição, Cuité, Esperança, Guarabira, Monteiro, Patos, Piancó, Picuí, Pombal, Princesa Isabel, Santa Luzia, Santa Rita, São Bento, Serra Branca, Solânea, Sousa, Sumé e Taperoá.
No final do mês de março deste ano, o deputado Jeová Campos, atendendo um pedido do vereador Alysson Américo, cobrou da Secretária executiva do Estado, Maura Sobreira, o retorno imediato das cirurgias eletivas no Hospital Regional de Cajazeiras, que estavam sem serem realizadas desde dezembro do ano passado.
Na oportunidade o vereador Alysson Américo relatou o grande o sofrimento do povo que necessita de uma cirurgia de vesícula, de hérnia, de histerectomia, entre outras e que não encontram uma solução de imediato para o problema de saúde.

TV Diário do Sertão